Como Vencer programas ESPIÕES e PREJUDICIAIS no computador que você faz seu Marketing Político



Diga adeus ao espiões para sempre no computador que você faz marketing político. Você não precisa ser um técnico em informática para remover e evitar spyware. Deixe-me te mostrar como. Diga não aos hackers e espiões e mantenha seu Marketing Político e PC protegidos de todas as interrupções, pop-ups e golpes hoje com algumas etapas fáceis.




Existem aproximadamente oito bilhões de pessoas no mundo, e 6 em cada 10 pessoas têm acesso à Internet. Um estudo feito pelo Hootsuite em parceria com a agência We Are Social mostrou que aproximadamente 4,7 bilhões de pessoas estão conectadas à internet hoje em dia, número da proporção de pessoas que acessam a rede através de um computador, tablet ou smartphone. Pesquisa realizada em 22 de abril de 2021


O mundo como o conhecemos agora é muito menor e a interação com amigos e

conhecidos em todo o mundo é como dar um passeio até a casa de um vizinho do outro lado da rua. Queremos evitar isso e, nesse artigo preparado para proteger seu marketing político contra spyware, você aprenderá como:


- Impedir que hackers invadam sua privacidade durante sua pré-campanha para a eleição.

- Impedir o bombardeio de janelas pop-up.

- Dizer não ao computador lento.

- Manter-se atualizado com as ferramentas mais recentes.

- Prevenção de travamento do computador.

- E muito mais.



O que é spyware?


É normal ver anúncios pop-up enquanto navega na rede, certo? O que muitas pessoas não percebem é que esses anúncios podem ter entrado em seus computadores por meio de spyware. No momento em que você descobre o que está por trás dos anúncios, os pop-ups de spyware podem ter ficado tão ruins que sua única opção é reconfigurar completamente o seu computador e apenas torcer para que os pop-ups não voltem. E, se o seu único mecanismo para lutar contra o spyware for a esperança, os anúncios pop-up retornarão.



O que é exatamente spyware?


Spyware é um tipo de software que chega ao seu computador e é geralmente usado para coletar suas informações pessoais e enviar anúncios a você, normalmente na forma de um anúncio pop-up. O software spyware também pode alterar a configuração do computador, bem como muitas outras coisas potencialmente prejudiciais. Mesmo que o termo spyware possa sugerir que o software está simplesmente monitorando a ação de uma forma secreta, a finalidade do spyware geralmente vai muito além disso. A parte responsável pela criação e distribuição do spyware geralmente está lucrando muito com a publicidade direcionada ou com a venda de suas informações pessoais.


Quando o software spyware está em um computador, geralmente fica oculto para o usuário, o spyware tornou-se cada vez mais sofisticado e muitas vezes impossível de detectar no computador de um usuário. Pior ainda, uma vez detectado, alguns spywares são impossíveis de serem removidos.



Diferença entre Spyware e Adware

Os termos spyware e adware são freqüentemente usados ​​como sinônimos. Ambos os termos são usados ​​para descrever software que pode exibir anúncios. No entanto, há uma grande diferença entre os dois: o spyware chega ao computador do usuário por meios ilícitos.


Com o adware, o usuário concorda em ter o programa de adware instalado em troca de outra coisa. Por exemplo, o programa permitirá que os usuários acessem o adware gratuitamente, mas eles devem concordar em receber anúncios. A palavra-chave aqui é “concordo”. O adware não tenta enganar os usuários e é oferecido em troca de um serviço.


Um exemplo de adware inclui o programa de compartilhamento de arquivos(P2P). Em vez de pedir aos usuários que paguem algum valor de registro, ele pede que eles concordem em receber anúncios.




Qual a diferença entre o spyware, os vírus e worms?


Hoje, há um número incalculável de problemas de “saúde” pelos quais um computador pode estar em risco. Geralmente, esses riscos podem ser divididos em spyware, vírus e worms. É fácil confundir esses diferentes tipos de problemas de computador porque eles têm muitas semelhanças.


Spyware, vírus e worms entram no computador do usuário com permissão ou por meios enganosos. Uma vez no computador, eles causam danos ao computador e prejudicam funções. Spyware, vírus e worms são projetados para serem difíceis, senão impossíveis, de detectar. Frequentemente, são projetados de uma determinada maneira que os impede de serem removidos de maneiras normais. Recentemente, muitos vírus e worms foram criados, como o spyware, com fins lucrativos.


Em comparação com vírus e worms, o spyware é um problema relativamente novo. Os vírus existem desde a década de 1980 e os worms há quase tanto tempo. O spyware não se tornou um grande problema até 2000.


A principal diferença entre spyware e vírus e worms é que o spyware não tenta se replicar uma vez no seu computador. Também não visa infectar outros computadores. Os vírus e worms, por outro lado, replicam-se ativamente e podem se espalhar para outros computadores por meios como e-mail.


Outra grande diferença entre spyware, vírus e worms é objetivo. O spyware é sempre usado para alguma forma de ganho monetário, como por meio de anúncios. Vírus e worms modernos também podem ser usados ​​para ganho monetário. No entanto, vírus e worms costumam ser criados na tentativa de ganhar fama.


Alguns criadores de vírus e worm afirmam que sua motivação era mostrar o quão longe a criação de vírus avançou. Outros criadores desejam “superar” os criadores de software antivírus e anti-worm. Como no caso dos vírus Bagel e Netsky, os criadores dos vírus queriam se superar.


Além disso, os vírus e worms costumam ser criados especificamente para causar danos a um computador por meio de um tipo de espionagem na web. O spyware, no entanto, não quer causar danos graves ao computador. Isso porque ele depende da saúde do computador para enviar anúncios aos usuários.




Existe um híbrido?

Está ficando cada vez mais difícil distinguir entre spyware, vírus e worms. À medida que todos esses três problemas de saúde do computador se tornam cada vez mais sofisticados, eles assumiram propriedades um do outro e muitas vezes dependem um do outro para funcionar.


Existem muitos casos em que o spyware se espalha através de um vírus ou vice-versa. Existem também muitas ocorrências de spyware, worms ou vírus criando aberturas para outros tipos de danos entrarem no computador do usuário. Por causa desse cruzamento entre spyware, vírus e worms, é importante que sejam tomadas medidas preventivas contra todas as formas de infecções de computador, principalmente os que trabalham na sua pré-campanha para a eleição responsáveis pelo seu precioso marketing político.



Posso simplesmente ignorar o spyware?

Como o spyware não destrói progressivamente o funcionamento de um computador como os vírus e worms, pode ser possível simplesmente ignorar o fato de que seu computador está infectado. Muitas pessoas acham que é melhor simplesmente continuar fechando todos aqueles anúncios pop-up irritantes do que se preocupar com software anti-spyware, alguns dos quais podem ser muito caros. Ignorar o fato de você ter spyware é uma solução temporária, mas pode acabar custando caro a longo prazo.


Muitos dos softwares de spyware agora irão desativar firewalls, desativar software antivírus e alterar as configurações de segurança do navegador para baixo. Isso permite mais infecções do seu computador por outro software spyware ou vírus e worms. No início, você pode ter apenas alguns anúncios pop-up. Mais tarde, isso pode progredir até o ponto em que os pop-ups aparecem mais rápido do que você pode clicar para fechá-los ou seu computador está sendo destruído por um coquetel de vírus, como se seu computador tivesse uma doença de imunodeficiência.


Os fabricantes de software spyware estavam cientes de que essa alteração nas configurações de segurança permitiria que outro spyware invadisse o computador. Como as empresas de spyware estão competindo umas com as outras, alguns spywares, na verdade, destroem outros spywares que estão no seu computador. Isso também impede que os usuários tomem medidas contra o spyware, porque o problema nunca parece piorar.


Além das configurações de segurança reduzidas que muitos programas de spyware criam, você pode ter obtido um vírus ou worm com o seu spyware em um pacote. Esse coquetel de infecções de computador pode causar danos sérios e até irreversíveis. Mesmo que você não tenha um problema adicional além do spyware, nunca poderá ter certeza exatamente do que o spyware está fazendo e quais informações suas ele está acessando - como os números do seu cartão de crédito.


Ao ignorar a ameaça de spyware, você está configurando seu computador para um desastre potencial. Os programas anti-spyware podem ser muito caros, no entanto, se você se informar, existem muitos programas anti-spyware gratuitos. Mesmo que você opte pelas versões pagas, é melhor gastar esse dinheiro agora do que pagar para ter seu computador totalmente reconfigurado no futuro, depois que o problema de spyware ficar fora de controle.





Que danos o spyware pode causar nas máquinas da sua equipe de Marketing Político na pré-campanha para a Eleição?


Bombardeia você e toda sua equipe com anúncios

O spyware é conhecido por exibir anúncios, geralmente na forma de pop-ups. Cada programa de software spyware funciona de maneira um pouco diferente com sua publicidade. Alguns exibem anúncios a cada dois minutos, por exemplo, enquanto outros são exibidos sempre que você abre uma nova janela do navegador. A tendência mais recente entre os spywares é rastrear o que o usuário está fazendo online. Em seguida, essas informações são retransmitidas para que anúncios direcionados específicos sejam exibidos. Para as pessoas vulneráveis ​​à publicidade, esses anúncios direcionados podem ser uma grande ameaça.


Esses anúncios pop-up podem ser um grande incômodo. Além disso, os anúncios pop-up de pornografia são um problema muito comum com spyware e são considerados particularmente hediondos porque as crianças podem ser expostas aos anúncios pornôs.


Outra maneira pela qual o spyware pode anunciar é assumir o controle dos anúncios em banner. Em vez de ver o anúncio que o criador do site colocou, o visualizador vê um anúncio de spyware. Como muitos sites são financiados por anúncios, o spyware está roubando o lucro do proprietário do site, além de incomodar o visualizador com o anúncio em banner.



Computador Mais Lento

Quando um computador é infectado com spyware, ele deve processar os aplicativos de spyware. Todas as tarefas que o spyware pode realizar, desde a exibição de anúncios pop-up até o rastreamento de usuários, exigem muito do sistema de um computador. Isso faz com que o computador fique mais lento e, às vezes, drasticamente mais lento.





Se o problema do spyware sair do controle, é possível que o computador trave porque não consegue lidar com todos os aplicativos solicitados.



Roubo de identidade e fraude (PRINCIPAL AMEAÇA A POLÍTICOS E CANDIDATOS)

Fiel ao seu nome, existem novas versões de spyware que podem literalmente espionar o usuário. O spyware tira fotos dos sites que um usuário visita e, em seguida, as retransmite à fonte do spyware. Como as páginas do site podem conter informações bancárias e outras informações pessoais, o spyware pode levar ao roubo de identidade. Esses tipos de spyware são raros, mas ainda existem.


Com o WhatsApp, também existe o risco de fraude eletrônica. Isso ocorre quando um hacker social captura o Número de "Zap" para enviar mensagens se passando pelo usuário.



Alterando configurações

Uma das coisas mais comuns que o spyware faz é alterar as configurações do computador. Geralmente, a página inicial do navegador da web será alterada junto com o mecanismo de pesquisa. O spyware também pode alterar os níveis de segurança e até mesmo impedir que um usuário instale ou execute programas antivírus ou antispyware. Depois que essas alterações são feitas pelo spyware, geralmente é muito difícil fazer com que as configurações voltem ao normal.



Stealware

Para afiliados que vendem produtos online, o spyware pode representar um risco para um tipo diferente de fraude. Quando uma venda é feita por meio de um afiliado, o spyware preencherá a marca do afiliado com a marca do operador do spyware. Em vez de o afiliado legítimo ser pago pela venda, o spyware opera benefícios. Nesse caso, apenas a operação do spyware está se beneficiando do software ilícito. O New York Times apelidou esse tipo de fraude de afiliado de "stealware".



Espionagem Virtual (Risco de ter os dados de sua prá-campanha para a eleição revelados antes da hora ou mesmo utilizado clandestinamente)

O spyware foi usado para espionar pessoas virtualmente em vários casos. Em alguns casos, o spyware foi colocado em um computador para que a atividade do usuário pudesse ser monitorada. O software Loverspy é um exemplo desse tipo de spyware, que foi comercializado para pessoas que suspeitavam que seu cônjuge / parceiro era infiel.


Também há casos em que o spyware foi usado para ativar as webcams, de forma que o operador do spyware pudesse espionar o usuário. Dependendo das áreas onde é usado, esse tipo de monitoramento de spyware pode ser ilegal, mesmo se usado pelo cônjuge.




Como o spyware chega ao seu computador?


Você o instala na maioria dos casos, o spyware entra no seu computador porque você o instalou sem saber. Funciona assim: quando você encontra algum tipo de programa ou arquivo gratuito online, você o baixa e vem junto com o spyware. Este também é o caso do shareware.


O spyware como um negócio lucrativo realmente começou a crescer quando os aplicativos gratuitos da Internet tornaram-se disponíveis online. Uma vez que aplicativos como navegador da Web, e-mail e mensagens instantâneas eram gratuitos, não demorou muito para que os usuários também esperassem o software livre. Os fabricantes de software estavam tendo dificuldade para vender software mesmo por preços baixos e também enfrentavam problemas para lutar contra o compartilhamento ilegal de arquivos. Em vez de tentar aumentar as vendas, os fabricantes de software decidiram oferecer software gratuito, mas incluir spyware junto com ele.


Uma empresa de spyware paga uma empresa de software por cada vez que o software é instalado. Em seguida, o spyware usa anúncios direcionados ao usuário. Quando um usuário clica no anúncio ou faz uma compra por meio dele, a empresa de spyware lucra.


Um exemplo disso é o aplicativo gratuito de compartilhamento de arquivos Kazaa, e-mule ou alguma aplicação via torrent que geralmente vem junto com o spyware.


Este método de distribuição de spyware ocorre com todos os tipos de downloads gratuitos, incluindo software e compartilhamento de arquivos. Frequentemente, os termos e condições para fazer o download de um aplicativo gratuito mencionarão que o spyware está incluído no download.


No entanto, poucas pessoas reservam tempo para ler os termos e condições. Também é comum que as informações sobre spyware sejam enganosamente ocultas em uma declaração de termos e condições muito longa e confusa. O downloader simplesmente clica em “Aceitar” e obtém o spyware.



Caixas de segurança falsas do Windows

Para começar a baixar spyware, às vezes basta clicar em um link. Uma das formas mais comuns que os criadores de spyware fazem com que os usuários cliquem em seus links é disfarçando-os como caixas de segurança do Windows.


As caixas se parecem com uma caixa de segurança normal do Windows. No entanto, quando você clica neles, o link faz com que suas configurações de segurança sejam alteradas e o spyware seja instalado em seu computador sem o seu conhecimento. Por exemplo, uma caixa pode dizer “Otimize seu acesso à Internet”. Mesmo se você clicar no botão “Não”, você ainda acionará o spyware.



Falhas de segurança

Se você não tiver alta segurança em seu computador, corre o risco de o spyware entrar. Alguns dos programas de spyware mais recentes aprenderam até mesmo a encontrar seu caminho através de buracos no software de firewall e antispyware. O spyware geralmente é distribuído com um vírus. Primeiro, um vírus é enviado a um computador. Em vez de se replicar e possivelmente destruir o sistema de um computador como um vírus normal, seu trabalho é criar um buraco para o spyware entrar.


Existem várias outras maneiras ilícitas pelas quais o spyware pode entrar em um computador. Por exemplo, existem programas de spyware que se espalham por meio de e-mails. Mesmo que o e-mail seja marcado como potencialmente perigoso e o usuário não o leia, o spyware ainda pode se espalhar apenas por ser exibido em um painel de visualização.





Como prevenir spywares no seu computador e/ou nas máquinas da sua equipe de marketing político, diretório do partido ou até mesmo no seu gabinete

Como existem tantas maneiras diferentes de o spyware entrar em um computador, é quase impossível evitar a infecção. Evitar certas atividades, como download, pode reduzir o risco, mas ainda há muitas maneiras de o spyware entrar. É por isso que medidas preventivas e contra-ativas em tempo real precisam ser tomadas.


O primeiro passo para prevenir infecções por spyware (e reinfecções após a remoção do spyware) é educar-se. Ao entender por que o spyware existe, você pode começar a identificar possíveis ameaças enquanto está online.